segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

NATAL: CELEBRAÇÃO DO CRI$TO CAPITALI$TA


É natal.
Data pra anestesiarmos nosso espírito das frustrações, recalques e
rancores.
Data pra lembrarmos do nascimento do "menino-Jesus".
O mesmo menino-jesus que nascido pobre viria salvar a humanidade, é o mesmo que nos dias de hoje podia estar vagando nos sinais, pedindo "um troco,tio", ou o menino-jesus que alcança seu "paraíso artificial"
cheirando cola ou fumando crack.
São os meninos-jesus paridos pela cloaca da caridade alheia.
Aqueles que o "cidadão" de automóvel fecha o vidro do carro na sua
cara, que não passam de trombadinhas e futuros bandidos perigosos...
São os meninos-jesus que a consciência burguesa
despreza o restante do ano, deixando-os abandonados na noite suja do pesadelo social, e que morrem antes dos 20 anos...portanto, NUNCA chegam aos 33, pois a violência e a pobreza os crucificam antes.
No entanto, no dia do nascimento do "menino-Jesus", celebramos nosso espírito consumista, refugiados nos shoppings, ostentando cartões de crédito e auto-limpando nosso ego .
COMPRO,LOGO EXISTO !
Celebramos a ânsia de consumo crucificando simbolicamente a miséria.
Celebramos uma época que a religião e o mercado utilizam mais as
pessoas para fins de dominação espiritual e controle mental.
Celebramos...mas nunca ninguém convida pra festa do nascimento do "menino-Jesus oficial", os pobres miseráveis pras suas seias fartas, ninguém dá presentes pros meninos-jesus dos sinais, Papai Noel-o velhinho propaganda da Coca-Cola-não vai na periferia e nem sobe os morros...muitos menos os suntuosos shoppings deixam que passem por suas portas essa "gente", mal-vestida, suja e simples.
Esse é o espírito, a propaganda, o imperativo categórico do CRI$TO CAPITALI$TA !

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

WIKI LEAKS: E OS DONOS DO PODER ESTÃO NUS!


Já havia postado um texto anteriormente sobre um "vazamento" publicado pelo site Wiki Leaks, sobre as atrocidades ianques no Iraque. E bem como sobre a "suspeita" de envolvimento do Julian Assange numa acusação de estupro. Mas agora depois de botar a nu os senhores do poder e seus segredos que já não são(ou será que eram?) tão mais secretos assim, o dono do Wiki Leaks é capturado pra responder sobre a tal acusação, que a "imprensa-livre" não se refere como "suposta" - esta palavrinha preferida da mídia politicamente correta e que não quer se comprometer com nada, a não ser com seus próprios interesses.

Onde estão os arautos defensores da Liberdade de Expressão para sair em defesa de Julian Assange?
Só importa reclamar de arbitrariedades quando atinge o rabo próprio?
Denunciaram a censura ao Estadão pelo Sarney e até agora nenhum boneco apresentador de telejornal, ou comentarista político não abriu o bico, em protesto contra a intervenção no site e a prisão de seu dono.

Por que?

Este blog já cansou de se repetir. Este assunto já tá muito batido demais. A mídia é autoritária e apóia enrustidamente a detenção de Assange. Bem como apóia o fechamento de toda e qualquer rádio comunitária, ou qualquer outro tipo de veículo de comunicação, com o cerceamento a quem diverge do pensamento único, do consenso fabricado e da sua hegemonia com seu capital simbólico da condução e indução da opinião pública fantoche.

O Wikileaks tem como principal mérito, desnudar os segredos dos bastidores do poder. Escancarou e revelou, não importa como, coisas que ninguém sabia ou então apenas desconfiava. A mídia tradicional talvez sinta uma ponta de inveja diante da repercussão que teve o site de Assange. Primeiro, porque só se compromete em investigar os governos "hostis" à hegemonia ocidental(leia-se EUA), e segundo, porque faz de tudo para que não comprometa estes mesmos governos que visa defender.

Hackers já começaram a atacar sites das empresas e entidades que cortaram serviços de doações do site. Empresas como Visa, MasterCard e um banco suiço foram os principais alvos. Na mídia "grande", "especialistas" no assunto dizem tratar-se de "terrorismo cibernético"; Na França, um garoto de 16 anos foi preso, acusado de ser um hacker. Se isso for crime, e o que o Governo ianque e megacorporações fazem pelo mundo for "da lei", então o arranca-toco posiciona-se do lado "criminoso", ou melhor, da guerrilha cyber, virtual, inédita. A Web torna-se um interessante campo de batalha da contra-informação.

O arranca-toco apóia incondicionalmente o Wiki Leaks e Julian Assange. Quem mexe com mídia, cria um monopólio imperial familiar e tem parente criminoso é quem devia estar atrás das grades!

Repasso aqui, um ABAIXO-ASSINADO pela libertação de Assange, não custa nada:
AQUI: http://www.avaaz.org/po/wikileaks_petition/?cl=849211156&v=7723

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A Pax Global: Uma inversão da realidade e outras dúvidas

Como sempre, a Rede Globo se supera no esmero de falsificar, omitir e inverter as variadas faces da realidade social do Brasil. O espetáculo da operação militar no Rio contra o narcotráfico, é o seu novo "campeão de audiência" do momento. A paz agora reina no Rio. Venham para o Rio! Não existem mais traficantes, tudo está uma beleza e o Rio continua lindo...só pra gringo e brasileiro, burro, ver e acreditar. Quem engole esta "Pax Global"?

Como pode estar tudo "em paz" agora, se antes o caos era praticamente irreversível, com o crime organizado queimando carros e ônibus diariamente? E agora, a polícia ocupa os morros, com as UPP'S, esta entidade responsável pela "paz", que botou "fim" nesta "guerra". O "bem" derrotou o "mal". Qual o segredo desta mágica? O governo finalmente sentiu vontade de fazer algo, que nunca antes havia feito e com seu poderio militar botou os trafica pra correr? Será que o BOPE é fodão mesmo? Será que não passa de um grande "acordão" pra não queimar o filme da cidade até a Copa e as Olimpíadas? Será...?

De todo modo, gostaria de convidar os leitores e leitoras deste arranca-toco, para a leitura de um artigo escrito pelo sociólogo José Cláudio Souza Alves, que nos chama a reflexão sobre esta atual situação de ocupação de algumas comunidades do Rio, aqui reproduzidas logo abaixo.

A GUERRA DO RIO - A farsa e a geopolítica do crime

por José Cláudio Souza Alves

Nós que sabemos que o “inimigo é outro”, na expressão padilhesca, não podemos acreditar na farsa que a mídia e a estrutura de poder dominante no Rio querem nos empurrar.

Achar que as várias operações criminosas que vem se abatendo sobre a Região Metropolitana nos últimos dias, fazem parte de uma guerra entre o bem, representado pelas forças publicas de segurança, e o mal, personificado pelos traficantes, é ignorar que nem mesmo a ficção do Tropa de Elite 2 consegue sustentar tal versão.

O processo de reconfiguração da geopolítica do crime no Rio de Janeiro vem ocorrendo nos últimos 5 anos.

De um lado Milícias, aliadas a uma das facções criminosas, do outro a facção criminosa que agora reage à perda da hegemonia.

Exemplifico. Em Vigário Geral a polícia sempre atuou matando membros de uma facção criminosa e, assim, favorecendo a invasão da facção rival de Parada de Lucas. Há 4 anos, o mesmo processo se deu. Unificadas, as duas favelas se pacificaram pela ausência de disputas. Posteriormente, o líder da facção hegemônica foi assassinado pela Milícia. Hoje, a Milícia aluga as duas favelas para a facção criminosa hegemônica.

Processos semelhantes a estes foram ocorrendo em várias favelas. Sabemos que as milícias não interromperam o tráfico de drogas, apenas o incluíram na listas dos seus negócios juntamente com gato net, transporte clandestino, distribuição de terras, venda de bujões de gás, venda de voto e venda de “segurança”.

Sabemos igualmente que as UPPs não terminaram com o tráfico e sim com os conflitos. O tráfico passa a ser operado por outros grupos: milicianos, facção hegemônica ou mesmo a facção que agora tenta impedir sua derrocada, dependendo dos acordos.

Estes acordos passam por miríades de variáveis: grupos políticos hegemônicos na comunidade, acordos com associações de moradores, voto, montante de dinheiro destinado ao aparado que ocupa militarmente, etc.

Assim, ao invés de imitarmos a população estadunidense que deu apoio às tropas que invadiram o Iraque contra o inimigo Sadan Husein, e depois, viu a farsa da inexistência de nenhum dos motivos que levaram Bush a fazer tal atrocidade, devemos nos perguntar: qual é a verdadeira guerra que está ocorrendo?

Ela é simplesmente uma guerra pela hegemonia no cenário geopolítico do crime na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

As ações ocorrem no eixo ferroviário Central do Brasil e Leopoldina, expressão da compressão de uma das facções criminosas para fora da Zona Sul, que vem sendo saneada, ao menos na imagem, para as Olimpíadas.

Justificar massacres, como o de 2007, nas vésperas dos Jogos Pan Americanos, no complexo do Alemão, no qual ficou comprovada, pelo laudo da equipe da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, a existência de várias execuções sumárias é apenas uma cortina de fumaça que nos faz sustentar uma guerra ao terror em nome de um terror maior ainda, porque oculto e hegemônico.

Ônibus e carros queimados, com pouquíssimas vítimas, são expressões simbólicas do desagrado da facção que perde sua hegemonia buscando um novo acordo, que permita sua sobrevivência, afinal, eles não querem destruir a relação com o mercado que o sustenta.

A farsa da operação de guerra e seus inevitáveis mortos, muitos dos quais sem qualquer envolvimento com os blocos que disputam a hegemonia do crime no tabuleiro geopolítico do Grande Rio, serve apenas para nos fazer acreditar que ausência de conflitos é igual à paz e ausência de crime, sem perceber que a hegemonização do crime pela aliança de grupos criminosos, muitos diretamente envolvidos com o aparato policial, como a CPI das Milícias provou, perpetua nossa eterna desgraça: a de acreditar que o mal são os outros.

Deixamos de fazer assim as velhas e relevantes perguntas: qual é a atual política de segurança do Rio de Janeiro que convive com milicianos, facções criminosas hegemônicas e área pacificadas que permanecem operando o crime? Quem são os nomes por trás de toda esta cortina de fumaça, que faturam alto com bilhões gerados pelo tráfico, roubo, outras formas de crime, controles milicianos de áreas, venda de votos e pacificações para as Olimpíadas? Quem está por trás da produção midiática, suportando as tropas da execução sumária de pobres em favelas distantes da Zona Sul? Até quando seremos tratados como estadunidenses suportando a tropa do bem na farsa de uma guerra, na qual já estamos há tanto tempo, que nos esquecemos que sua única finalidade é a hegemonia do mercado do crime no Rio de Janeiro?

Mas não se preocupem, quando restar o Iraque arrasado sempre surgirá o mercado financeiro, as empreiteiras e os grupos imobiliários a vender condomínios seguros nos Portos Maravilha da cidade.

Sempre sobrará a massa arrebanhada pela lógica da guerra ao terror, reduzida a baixos níveis de escolaridade e de renda que, somadas à classe média em desespero, elegerão seus algozes e o aplaudirão no desfile de 7 de setembro, quando o caveirão e o Bope passarem.


José Cláudio Souza Alves é sociólogo, com doutorado na USP, professor da Universidade Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, autor do livro "Dos Barões ao Extermínio – Uma História da Violência na Baixada Fluminense" e membro do Iser Assessoria.

LINK: http://aldeia-gaulesa.blogspot.com/2010/11/guerra-do-rio-farsa-e-geopolitica-do.html

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

CALA A BOCA, FASCISTA!





Este blog nunca poderia silenciar diante daquilo que foi o pingo d'água que faltava pra fazer transbordar o balde do bom senso e da boa convivência. Há muito tempo sinto uma vergonha imensa de ter que me deparar com uma triste figura, que aparece na televisão, fala no rádio e escreve no jornal(todos da mesma empresa-RBS).
Falo de Luiz Carlos Prates. Se o cara quer ser conservador e moralista, vá lá, mas quando ultrapassa o limite que separa isso do preconceito , do reacionarismo e do fascismo, aí já é demais. Tudo tem limite!

O mencionado "jornalista", foi além e agora alcançou fama nacional nos últimos dias, pela quantidade de merda defecada pela boca em pleno horário do almoço. Ao se referir que a culpa pelo aumento de acidentes nas estradas é dos "miseráveis", este sujeito feriu de morte a inteligência alheia. Disse, o infame, que hoje em dia "qualquer miserável tem carro". E daí? O governo ampliou o crédito de financiamento para automóveis, sinal que há um breve desenvolvimento na indústria.

Será que só uma meia-duzia de abnegados podem ter carro? Será que aquele filho do ex-prefeito de Balneário Camboriú, que provocou um acidente e matou uma pessoa, se beneficiou do crédito criado pelo governo? Seria ele, um "ex-miserável"? O problema está na ideologia do automóvel, incentivada como status social. Agora, se o cara quer comprar um, o problema é dele!

O ódio de classe, o rancor elitista, típicos de uma pseudoaristocracia sulista, cuja ideologia o grupo RBS bem representa, gritou(ou latiu) mais alto, pela boca de seu pitbull de plantão. Prates é o pitbull da hipocrisia que morde quem a ele convém. Calou-se o energúmeno sobre o estupro do filho do seu patrão. Não quis levar pra sua "delegacia", o Sirotsky delinquente. Por que? Ficou com o cu na mão, vagabundo?

Mas manifestações semelhantes com a de LCP vem crescendo e se ramificando pela internet também. Racismo, xenofobia, "pobrefobia", foram vistas, lidas e ouvidas durante a baixaria que foi a campanha eleitoral. E gente supostamente "bem instruída" que queria "afogar" nordestinos, como uma débil mental estudante de direito(!).

Alguém que se considere acima de tudo e de todos, deve padecer do mal da frustração e da inveja, ao ver a felicidade e a realização de alguém "inferior"; Alguém que trabalhou muito pra conseguir financiar um automóvel de 20 mil reais. Isso deve doer quando o sujeito da classe-média alta não consegue financiar um carro do alto dos seus 100, 200 mil reais. Frustração que é descarregada e projetada no "outro", no "inferior", enfim, no "miserável que pode ter carro"...

O Brasil tem uma elite perversa e pervertida. Gente que tem na mão a responsabilidade de formar opinião e tomar decisões, está impregnada de completa ignorância política e intolerância social. Formam a ideologia de uma classe dominante, que por sua extensão prolifera a ideologia dominante de uma sociedade. É de deixar qualquer ser pensante, doente e desiludido da própria raça humana. Se a miséria material choca, a miséria humana é pior, pois ela pode não ter cura nenhuma. E o homem atinge seu grau mais baixo de existência humana e espiritual, quando se revela um verme fascista.

LINK do comentário infame :
http://noticias.r7.com/videos/jornalista-da-rbs-faz-comentario-preconceituoso-e-vai-parar-na-internet/idmedia/d52b57d10372b366c4c09de9546b1b3c-1.html

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Final de ano com boas novas!


Pra começar essa fase de boas notícias, este blog tem a imensa honra de parabenizar o FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE e toda Nação Alvinegra, pela conquista do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro em 2011. De brinde aos queridos leitores e leitoras, esta foto logo acima que pode servir de plano de fundo pro seu PC. A volta à Série A se deu pela combinação de resultados, apesar da derrota para o Coritiba, a vitória do Bahia sobre a Portuguesa garantiu o glorioso alvinegro do Estreito ao seu merecido lugar na Elite do futebol nacional.
Neste momento, o Figueira é o único time da capital GARANTIDO na Série A do ano que vem...
DÁ-LHE FIGUEIRAAA!!! AVANTE PELOS CAMINHOS DA GLÓRIA!
******************************************************************************************
A outra boa nova, é a desistência da instalação do estaleiro OSX, do plutocrata EiKKKe Batista. Uma vitória alcançada através da mobilização de internautas e da contra-informação, diante da versão pensamento-único dos meios de comunicação e dos intere$$e$ dos políticos lacaios locais, loucos por uma falcatruazinha.
Quem ganha é a população e o ambiente inteiro, mais que o "meio" ambiente; Estamos livres, ao menos por enquanto de vermos nossas praias se transformarem em balneários banhados cheios de óleo podre.
Estamos livres de uma devastação ambiental sem precedentes.
Logo, vem aquele pessoal do "A favor", do "pogressu" a todo custo que só contribuem pro atraso da nossa cultura local e do enriquecimento ilícito de meia-dúzia de políticos compadres, chorar pelo óleo não-derramado em nossas praias..mudem-se pro Rio pra puxar o saco do EiKKKe, seus babacas!
*******************************************************************************************

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

BRASIL-IL-IL : ONDE O CRIME COMPENSA

O Delegado Protógenes Queiroz foi condenado há 3 anos de prisão por trabalhar decentemente. Condenado por ter tentado encarcerar o mafioso banqueiro Daniel Dantas, na Operação Satiagraha. Mas Daniel Dantas é poderoso. Ele é "o cara", "il capo di tutti ladri", o judiciário, o governo e a oposição todos juntos cantam: "O Daniel é meu amigo, mexeu com ele mexeu comigo". Trágico. Patético. É a cleptocracia de um país "justo" e "veríssimo".

E a inversão de valores transformou o bandido em vítima. E o Delegado em bandido. É a vergonha de uma nação, que se vê assaltada por marginais de luxo, meliantes da cla$$e alta, um bando de colarinhos-brancos, que com seus crimes praticados encontram suas recompensas em sentenças abençoadas por cúmplices do judiciário, juízes corruptos que permitem que o lixo do status quo permaneça impune.

Aliás, o Poder Judiciário há muito tempo é talvez o mais podre dos Poderes da República. Note-se a enrolação da votação do projeto Ficha Limpa, em que Gilmar Mendes fez de tudo pra adiar/emperrar/travar o processo. Outro exemplo, é o STF ter vetado a continuidade do processo de devolução do dinheiro confiscado do plano Collor, aos milhares de brasileiros prejudicados. Acreditar na justiça? Quem é louco o bastante pra isso? Só se for rico....

Aqui o LINK sobre a condenação do Delegado Protógenes: http://www.cartacapital.com.br/politica/delegado-protogenes-condenado-a-tres-anos-de-prisao

PS: Enquanto isso, o Governo fornece socorro bilionário ao banco Panamericano de Sílvio Santos, o Abravanel. "Ô Lula, é com você Lula?!"

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Floripa: Entre a anomia e a lei da selva

Chegamos ao ponto que andar a pé nesta cidade tornou-se como guerrar em trincheiras; as "faixas de segurança", se tornam minas explosivas, quando motos pilotadas por inconsequentes sem-noção, parecem se transformar em verdadeiras artilharias kamikazes. Depois morrem e não sabem porque...sem falar dos cuzões que pilotam carros e camionetes, não esquecendo dos ônibus e táxis; Vez ou outra, surge um lampejo de humanidade, quando alguém motorizado, uma "boa alma", lhe permite atravessar a rua, sem passar por algum sobressalto.

Ser pedestre nas ruas de Floripa é entrar em guerra contra carros e motos. A prefeitura limita o acesso dos pedestres, a imobilidade urbana é total, o classe-medianismo individualista é o maior causador de engarrafamentos, o que prova que a anomia¹, desta gente é explícita; Não é só a onda de assaltos que faz com que as ruas não sejam mais das pessoas. Mas sim a intolerância, irracionalidade e competitividade estúpida motorizada, artífice de uma ditadura do asfalto em que as máquinas oprimem as pessoas, se impondo como a regra de "sobrevivência" desta "lei da selva" à gasolina.

Sair de casa a pé não vale mais a pena. Infelizmente! A cidade não é mais a "Pólis" do povo. Castro Alves seria ridicularizado hoje , pois dizia que "a praça é do povo, como o céu é do condor". O automóvel é a nemesis cuspida e acabada da exacerbação expansionária da personificação motorizada do desprezo em relação ao "outro". Eduardo Galeano cunhou o termo "Automóvelcracia" pra definir bem tudo isso.

Tudo isso é incentivado pela propaganda, a ânsia imediatista, de consumo e culto à imbecilidade egoísta como novo "Ethos" deste final de tempos civilizatório.

O corpo individual sente essa mudança. O corpo do pedestre tem que se sujeitar a esta relação de poder, que autores como Foulcault definiram como uma espécie de prisão; São relações sociais pautadas pela História, cujo "motor" é o condicionamento imposto, por quem detem a tecnologia a seu favor, seja como for.

Há também, e principalmente a inépcia de quem tem a responsabilidade política de comandar a cidade. Prefeito e vereadores são cúmplices na mediocridade da má condução administrativa e do abandono em que vivemos. Em resumo: Estamos todos fudidos!

¹ -Anomia:
A palavra tem origem grega e vem de a + nomos, donde a significa ausência, falta, privação, inexistência; e nomos quer dizer lei, norma. Etimologicamente, portanto, anomia significa falta de lei ou ausência de norma de conduta. Foi com esse entendimento que Durkheim usou a palavra pela primeira vez, em seu famoso estudo sobre a divisão do trabalho social, num esforço para explicar certos fenômenos que ocorrem na sociedade.

Fonte: http://www.webartigos.com/articles/3730/1/Anomia/pagina1.html#ixzz14kS8wnGs

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

LIBERDADE DE EXPRESSÃO É O C*******!

"A mídia é o único poder que tem a prerrogativa de editar suas próprias leis, ao mesmo tempo que sustenta a pretensão de não se submeter a nenhuma outra."
PAUL VIRILO


Taí um assunto que rende muitos questionamentos. Existe LIBERDADE DE EXPRESSÃO ou de imprensa no Brasil? Não, não há!

Primeiro, vamos nos basear em fatos. Episódios de censura a blogs e demissões de jornalistas comprovam isso. NÃO HÁ LIBERDADE DE EXPRESSÃO, só há a liberdade de concordar com o que o patrão, dono do jornal, acha que é certo e ponto. NÃO HÁ LIBERDADE DE EXPRESSÃO, só há a liberdade de publicar, escrever, falar, afirmar e exprimir tudo que não contrarie e que agrade aos intere$$e$ mancomunados dos poderosos senhores feudais da mídia, dos bancos, dos latifundiários, de políticos, megaempresários, etc.

Como nas favelas, impera a LEI DO SILÊNCIO. Se falar o que viu, morre. Na imprensa, o sujeito morre profissionalmente falando, se falar a verdade factual. Imprensa se alimenta de factóides e sensacionalismo. É o ar que respira, a mão que alimenta.

Mas, enfim, é muito bonito todo esse discurso a favor da democracia e da liberdade de expressão. Mas só na teoria este discurso é aplicado. Na prática, temos exemplos que podemos inferir como elucidatórios desta contradição.

FATO 1 - A jornalista Salete Lemos, quando apresentava um telejornal na TV Cultura, foi demitida da emissora gerenciada pelo governo de São Paulo, após denunciar a roubalheira que os bancos cometem com suas cobranças de taxas e juros e seus lucros ultra-abusivos. Resultado: No dia seguinte foi pra rua...

FATO 2 - Mais recentemente, a jornalista Maria Rita Kehl, foi demitida pelo Estadão por um "delito de opinião", segundo a própria jornalista. Conforme Maria Rita afirmou: "- Fui demitida pelo jornal o Estado de S. Paulo pelo que consideraram um “delito” de opinião (…) Como é que um jornal que anuncia estar sob censura, pode demitir alguém só porque a opinião da pessoa é diferente da sua?". O "crime" da jornalista foi seu artigo publicado no jornal contra a desqualificação do voto dos pobres e o benefício dos programas do governo em relação a pobreza
( o que pode ser passível de discordância, mas não de demissão).

FATO 3 - O Blog/Site Ponto de Vista(www.pontodevista.jor.br), do professor de jornalismo da UFRGS, Wladimir Ungaretti, trazia resenhas e análises a respeito da formatação da subjetividade da opinião pública pela mídia. No caso, sobre a RBS e seu jornal local Zero Hora. Durou pouco tempo, já que o site/blog foi processado por um fotógrafo do jornal, que se sentiu ofendido pela maneira irreverente que era referido seu nome em um apelido...só por este motivo.
O Ponto de Vista teve seu material censurado e hoje ainda se mantém, porém, sem poder mencionar nada a respeito do Zero Hora e da RBS.

ADENDO : Aliás, a RBS demitiu há uns anos atrás um fotógrafo do Diário Catarinense por este ter fotografado uma ação truculenta de capangas da prefeitura de Floripa, contra estudantes num ato contra o aumento das passagens de ônibus. RBS tem ficha corrida contra a Liberdade de Expressão. A RBS e demais emissoras locais fizeram de tudo pra ocultar o estupro cometido pelo filho da emissora, ao lado de um filho de um delegado, contra uma menina de 13 anos. A RBS não vale nada! RBS NEM PENSAR!

FATO 4 - E recentemente sumiu das páginas de busca do Google, os links que levam ao Blog Tijoladas do Mosquito. Sumiu, simplesmente. Por ordem de quem exatamente? Imaginamos de quem seja, embora não se saiba ao certo, mas desconfia-se que deve ser pela curriola de políticos locais que se sentem ofendidos pelas "tijoladas" do blogueiro. Com vários processos contra, Mosquito segue na sua luta divulgando seu jornal, o Tijolada Press, em vários pontos da cidade.

Em resumo, creio que é suficiente o relato feito aqui sobre os atentados contra a LIBERDADE DE EXPRESSÃO, para desmascarar essa democracia de fachada, patronal e plutocrática que impera nos quatro cantos deste país. Se a CENSURA era uma marca que caracterizou o período da ditadura militar durante mais de 20 anos, ela agora manifesta-se comandada justamente pelos próprios veículos de comunicação.

A mídia se torna "proprietária" da liberdade e da democracia de um modo geral. O que nos remete ao tempo da escravidão. Só que agora é o tempo de uma escravidão mental.
Assim fica configurado um quadro ameaçador, uma ditadura de plantão, cuja agenda é pautada pela uniformização das mentes e dos conteúdos, bancada pela vontade de um grupo, de uma elite que visa a manutenção, como diria Noam Chomsky, de um "consenso fabricado".

Ao mesmo tempo, que se sente vítima das declarações de agentes do governo Lula, a imprensa devia olhar para dentro de si mesma e fazer uma autocrítica, mas isso ela não é capaz de fazer, já que o "Quarto Poder"* briga sempre pra ser o poder de fato.

*Quarto Poder é um filme de Costa Gravas, se puder, assista!


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O ESTADO CORRUPTO É O ESTADO MAIS AUTORITÁRIO

Recentemente, um escândalo envolvendo um carro da prefeitura de Floripa com propaganda eleitoral de um candidato ao senado, abalou os alicerces da já carcomida estrutura governamental municipal; O fato foi reportado pela própria mídia, e como sabemos, os verdadeiros culpados não foram punidos. Sobrou para o motorista do veículo, que foi detido e depois liberado e para o PM que abordou o veículo. O policial na ilusão que cumpria seu dever, foi transferido nada mais, nada menos, para a cidade de São Miguel do Oeste, a mais de 700 Km da capital. O comando da PM demonstra a quem serve e protege...

Em outra ocasião, semelhante fato ocorreu quando outro PM multou um veículo em estado irregular, dirigido pelo filho de uma ex-desembargadora. O caso teve repercussão na época e já foi comentado aqui neste arranca. O que ocorreu, os mais informados sabem: Carteiraço da dona toda-poderosa, a utilização do "sabe-com-quem-está-falando" e mais tarde, o afastamento do guarda, outro iludido, que pensava que estava cumprindo seu dever. Quando a PM trabalha séria e honestamente, é logo repreendida e retaliada.

Isto representa a face podre que assume um governo maculado por várias denúncias de irregularidades e corrupção, cuja podridão descamba para atos de retaliação que culminam em arroubos fascistóides.
O estado corrupto é o estado mais autoritário. Perfeito, para o desfecho agonizante de uma administração extremamente suspeita de dezenas de falcatruas e prevaricações. O atestado de óbito que comprova a septicemia moral que está afundado os poderes do estado brasileiro e consequentemente, da própria natureza do estado capitali$ta, cuja natureza é predatória e extremamente desigual.
************************************************************************************

E pra concluir, o quadro degenerativo de miséria moral dos poderes constituídos, não pode deixar de ser citado a PIZZA que acabou a votação do Ficha Limpa pelo STF; Muita boçalidade e pouco respeito pelo povo.
Um empate conciliacionista. Uma aula de conveniência e compadrio.
Depois, pra ridicularizar mais ainda, o corrupto renuncia pra não sofrer punição. A corrrupção deveria ter um ministério exclusivo dela, quem sabe assim diminuíria a corrupção nos demais setores do governo e dos poderes da república...ou não.
**************************************************************************************

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Manifesto

Partido Radical

de Porra Nenhuma

(PARAPONEMA)

PARAPONEMA (PARTIDO RADICAL DE PORRA NENHUMA)

O PARAPONEMA não consiste ser nem de esquerda, nem de direita. Muito menos de centro. E muito pelo contrário. O PARAPONEMA não olha para frente e nem para trás. Nem para os lados, nem acima, nem embaixo.

E girando....girando...girando em torno do próprio eixo, num rodopio frenético até cair nauseado ao chão, com a certeza de estar cumprindo sua missão.

O que não significa...nada!

O PARAPONEMA não propõe nada. Absolutamente nada. Porra nenhuma ao extremo. E disso não abre mão. E não admite que cumprirá suas promessas prometidas de modo que prometam a terra prometida. Já que nada promete, como poderá cumprir? E tudo isso, sob uma convicção radical ideológica de exatamente não pré-dispor de nenhum pressuposto ideológico .

O PARAPONEMA não aceita comportamento de seita. Mas vale-transporte aceita.

Quem quiser, que não fale nada em nossas reuniões, que nunca tem data, horário, lua, ou sobe e desce de marés pra serem marcadas.

A política do PARAPONEMA é radical em sua anti- política, como são as formigas perante o açúcar; ou seja, não sabemos aonde queremos chegar com essa comparação...

Ser governo algum dia, não faz parte das aspirações do PARAPONEMA. E nem ser oposição. Preferimos manter um ângulo de 90° de distância do povo, e mais ou menos, 270° dos ricos, que nunca bancariam nossa campanha numa disputa eleitoral, já que o PARAPONEMA não concorrerá jamais algum dia a alguma eleição.

Nada é um objetivo a seguir. “Não- sendo”, a radicalidade se mantém intacta. O PARAPONEMA aceita seres vivos em seus quadros, mas não dispensa os não-seres também.

Filiando-se ao PARAPONEMA você terá a certeza plena e absoluta da dúvida.

O PARAPONEMA não é um partido comum.

...O PARAPONEMA é um partido

Ao me io.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

PARADA DA "DIVERSIDADE" COM O $$ PÚBLICO É REFRESCO...

Antes que a patrulha politicamente correta e careta taxem esse humilde escriba de "homofóbico", vou logo avisando que não tenho nada contra a minoria GLBTWXYKZ,etc.

Só sou, e totalmente contrário, ao patrocínio de qualquer evento festivo bancado por dinheiro público. Se políticos querem fazer média com a comunidade gay que o façam, mas não com o dinheiro do contribuinte. A ONG encarregada de organizar a parada recebeu ajuda do Governo. Isso não dá pra engolir, assim como qualquer outro tipo de evento, carnaval ou construção de estádio de futebol recebam grana pública.

Não me simpatizo com certas atitudes de membros (hum?) do movimento gay que apoiam políticos que lhe darem apoio. Um verdadeiro troca-troca(Hum??) é promovido na maior cara de pau. A grande maioria gay não carece de dinheiro do Estado pra promover festas e eventos, como a tal parada, já que pertencem a classe-média alta, burguesia. Além do mais, por que o local escolhido é sempre a "chique" Avenida Beira-Mar Norte? Só porque gay odeia pobre e adora luxo? Mas pobre não é gente e merece desprezo. Não gostar de pobre não é preconceito...um dia eles vão se organizar, fazer paradas e marchas e sem um tostão do Estado e aí não sei o que pode acontecer.

Transparência nem em purpurina. Afinal, o prefeito da capital é mais que um "simpatizante" da causa...

sábado, 21 de agosto de 2010

O IMPÉRIO NAZI-AMERICANO E A SUA PODRIDÃO


Recentemente, foram divulgados documentos secretos acerca das atrocidades cometidas pelo exército dos EUA no Afeganistão. Na verdade não espanta muito o conteúdo revelado, pra quem já conhece as práticas imperialistas dos chacais da América. Agora como maneira de desviar e desqualificar o assunto, o mentor do site Wikileaks, Julian Assange, está sendo acusado de estupro. Detalhe: Ele não é da família Sirotsky. No entanto, é uma acusação cujas provas não estão claras e sequer não passa de uma conspiração tramada pelo "Reich" from USA e sua máquina de guerra midiática neocon, armada de mentiras até os dentes. Tudo no intuito de desqualificar e desviar o foco da atenção voltadas contra as atrocidades do Império Nazi-Americano.

Confira no LINK abaixo o que o Pentágono não quer que o mundo saiba.

http://www.ponto.outraspalavras.net/2010/08/17/572/

E aqui a "denúncia" contra Julian Assange:

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4635231-EI294,00-Fundador+do+Wikileaks+e+acusado+de+estupro+na+Suecia.html

domingo, 15 de agosto de 2010

A nossa justiça é mesmo um grande exemplo...

...um grande exemplo de cumprimento da defesa da honra, daqueles que são injustamente acusados de práticas lesivas, que embora cometidas, não cabe bem serem merecedores de uma punição severa.
Muito menos punir. Punir? Tá louco!?
Afinal de contas, onde já se viu querer "enquadrar" alguém pertencente a elite social mais elevada, sendo filho de um dono de um meio de comunicação, com origem judaica, branca e rica, servir de parâmetro de punição a um crime hediondo como estupro? Que mundo em que vivemos? Somente aos incautos, que alguma punição severa poderia ser atribuída a um representante da elite dominante, ainda sendo o futuro dono dos negócios de uma família tão nobre em um ramo tão promissor como uma organização de mídia.
A sentença de cumprimento de uma "prestação de serviços comunitários" pode mesmo assim causar transtornos emocionais e de caráter irreversível a personalidade de um adolescente, cuja desventura foi a de participar de um suposto ato de conjunção carnal, contra um vítima, indefesa, dizem, que deve ter dado "mole, juntamente contando com a participação de outros camaradas na consumação grupal da suposta agressão sexual.
Sendo assim, a justiça se fez valer, para dar uma justificativa à sociedade, de uma reprimenda desnecessária, que atendeu a apelos infundados no calor da repercussão do ato em si. Se fosse algum filho de um zé ninguém, pobre, morador de uma favela, aí sim, mereceria servir de exemplo uma punição mais radical; Afinal, onde já se viu alguém tão abastado, de linhagem aristocrática, sofrer uma punição exemplar, urdida por um bando de rancorosos que se opõem aos nossos bravos empreendedores do ramo midiático local?
Por que tanta raiva? Tanta inveja? Sou a favor que o moleque travesso faça uma viagem que lhe poupe de futuras represálias desta gente. Quem sabe uma viagem? Talvez, Paris, Madri, Ou Miami. Assim, o menino poderia melhor suportar este difícil momento que deve estar enfrentando e não ter que sofrer tanto a pena de cumprir as 8 horas semanais dos tais "serviços comunitários". Deixa o guri em paz....

PS: A JU$TI$$ A ESTÁ FEITA...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O PAÍS EM QUE VOCÊ VIVE É UM CIRCO...


Começou a palhaçada. O grande circo eleitoral está aí nas ruas e na televisão. Exerça seu direito obrigatório do voto. Obrigatoriamente eleja alguém. A democracia obriga a você votar. Seja um cidadão feliz obrigatoriamente.

A democracia do Brasil é uma grande mentira. Existe um "Democratismo" ou uma espécie de "Eleitoralismo", cujo fio condutor é o marketing, e os minutos a mais no horário eleitoral. E tudo feito na base da obrigatoriedade, que os sacanas chamam de "direito".

Não adianta criar campanhas de "voto consciente". O único voto consciente é o voto nulo. É a maior maneira de mostrar toda insatisfação e protestar contra esse sistema eleitoral impositivo. Quem não vende o voto, acaba elegendo alguém por ignorância. Quem tem medo do voto facultativo? Por que essa ditadura de eleições a cada dois anos? Por que não juntar tudo( e jogar fora..) em uma eleição a cada cinco anos? Aumente-se o mandato para um ano a mais, e acabem com essa farra que é a reeleição, que quem era contra quando FHC comprou meio congresso pra aprovar essa emenda é quem mais se utiliza e se beneficia desse recurso(PT).

O país em que você vive é um circo. O nariz vermelho é seu. Então, proteste! Use um nariz vermelho na hora de votar.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

UM BABACA À ALTURA DE UMA JUVENTUDE BABACA

Recente pesquisa divulgada, revela que a personalidade da atualidade mais admirada pela maioria dos jovens universitários é Roberto Justus, apresentador de TV.

A pesquisa revela que Justus está a frente de Lula e Barack Obama. Justus é admirado por ser "rico, famoso e bonito", pelo universo universotário. Tudo é uma questão de imagem; A ambição pelo $uce$0 é o ponto mais alto da cadeia evolucionária do Homo Sapiens do século XXI. Jovens universotários querem se dar bem. Nada contra as ambições individuais de cada um. Cada um que faça o quiser da vida e que se foda.

Porém, a vida não é só glamour, fama, $uce$$o, poder e grana. Um dia seremos todos iguais, senão na vida, ao menos na morte, quando os vermes devorarem nossas carcaças.

O que uma pesquisa como essa revela é a mediocridade e a futilidade de uma grande parte da juventude atual. Não dá pra todo mundo ser rico. A grande utopia capitali$ta da felicidade é ter uma gorda conta bancária, mas como disse, não dá pra todo mundo se locupletar. "Nos locupletemos todos", seria ótimo!

Não surpreende em nada, ao menos para este escriba, que grande parte da juventude admire uma rica celebridade, colocada como "líder" destes tempos pós-neoliberais. Uma juventude babaca que tem como "líder" ideal, um babaca.
Como dizia Nelson Rodrigues: "Jovens, envelheçam!".

LINK da pesquisa:http://www.midianews.com.br/?pg=noticias&cat=6&idnot=28209

quinta-feira, 29 de julho de 2010

OSX, RBS, CBF, FIFA, PT, PSDB, CIA...uma verdadeira *Siglocracia

*Siglocracia - Por Siglocracia, podemos entender, Governo das Siglas. Elas estão em toda parte. Elas interferem no nosso cotidiano, nas nossas escolhas, nas nossas vontades...

Curioso, este tempo atual, permeado por avanços tecnológicos cujos desdobramentos atingem direta e indiretamente o curso de nossas vidas. O tempo virou refém da velocidade, da pressa. Precisamos ser claros e objetivos, sempre! E até na linguagem se percebe a mudança pragmática exigida pela racionalidade desse novo fenômeno; Uma mudança frenética de hábitos, atitudes, gestos, que nos joga contra a parede e sufoca nossa respiração. A internet e seus chats e MSN, como instrumentos Dromocráticos¹, são os indicadores do novo reinado da abreviação e das siglas. Em virtude de uma determinada preguiça mental, que paradoxalmente visa deixar mais "ágil" a comunicação diária, abrevia-se tudo em siglas; Desde meios de comunicação, empresas, partidos políticos, serviços secretos e até mesmo nomes de ex-presidente, times de futebol e Ong's (que já é uma sigla!).

¹Dromocráticos, ou Dromocracia, termo criado pelo filósofo e urbanista francês, Paul Virilio, em seu livro Guerra e Cinema, Ed. Boitempo . Dromo, do radical grego "corrida", "velocidade" e Cracia "governo".

Estamos cercados por siglas por todos os lados. Elas estão aí não se sabe pra ajudar ou confundir. Criar uma relação de dependência? talvez...Elas nos espionam e nos tornam seus escravos? Paranóia, mas ainda não suficiente pra nos deixar paranóicos o suficiente. Conspiram? Na maioria da vezes, sim...

Temos o caso da OSX que quer instalar um estaleiro em Biguaçu, região metropolitana de Floripa, cujo impacto ambiental será gravíssimo, embora a RBS busque frabricar um consenso favorável, aliado ao discurso de políticos, do PMDB, PSDB, PT, DEMO, que deveriam estar tocando piano na DP mais próxima, mas estão livres e soltos.
Só nesse parágrafo, foram citadas 7 (sete) siglas. Mas importa menos a quantidade de siglas existentes do que a sacanagem que elas podem cometer, provocar, sugerir, manipular, etc.(etc. também é uma sigla....!)

Uma sigla promovedora de grandes sacanagens por exemplo, é a CBF. Capitaneada pelo barão da bola no Brasil, o todo-poderoso capo, herdeiro do Chefe dos Chefes do futebol, Sr. João Havelange, o belga, o Dom Ricardo Teixeira (música tema de O Poderoso Chefão de fundo), a CBF se prepara para a organização da Copa do Mundo de 2014.

Sob ordens da maçônica FIFA, o Governo do Brasil deve curvar-se a seus interesses, e submeter-se a gastar cordeirinhamente grandes somas de dinheiro público para investir em estádios e infraestrutura. Com todo o lucro obtido retornando somente a patrocinadores, mídia, a própria FIFA e o comitê organizador do evento. Mas o País e o povo tem também a sua parte no negócio: É ficar macaqueando com pulos e gritos de BRAZIL-IL-IL em frente a telinha da Globo e com a cara pintada pra não deixar de esquecer quem somos....Teixeira, vai forrar os bolsos de grana, se tornará bilionário, assim como políticos e outras raças de meliantes envolvidos nessa farra, talvez menos importantes, mas tão tubaronescos quanto.

E o mesmo caso ocorrerá com as Olimpíadas de 2016, no RJ (epa!- siglocracia detected!)

Leiam, leitores e leitoras esta notícia, extraída da Folha de São Paulo, do dia 29/07 logo abaixo:

Nuzman decide destino do lucro do Rio-2016; governos arcam com prejuízo


O destino do dinheiro arrecadado com a Olimpíada do Rio de Janeiro-2016 será definido por uma comissão encabeçada por Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), com integrantes que são aliados e subordinados ao dirigente.

Assinada por Rodrigo Mattos, a matéria foi publicada na edição desta quinta-feira da Folha (a íntegra está disponível apenas para assinantes do jornal e do UOL).

O destino dos lucros da Olimpíada é decidido conforme o contrato entre o Rio e o Comitê Olímpico Internacional, o Host City Contract. É obrigatório que a sobra do dinheiro seja aplicada no desenvolvimento do esporte no país, o que aconteceu nas edições anteriores dos Jogos. Assim, os governos municipal, estadual e federal não terão nenhuma devolução do valor investido no evento.

"Qualquer excedente será dividido de acordo com o determinado no Host City Contract, elaborado pelo COI: 20% para o Comitê Olímpico Nacional, 20% para o COI e 60% para aplicação em benefício do esporte no país-sede de acordo com determinação do comitê organizador em parceria com o Comitê Olímpico Nacional [COB]", explica a assessoria do Rio-2016.

De acordo com o estatuto do Rio-2016, se a Olimpíada no Brasil der prejuízo, os cofres públicos devem cobrir o buraco. Se der lucro, 80% do dinheiro ficará nas mãos do presidente do COB e do Comitê Organizador dos Jogos, Carlos Arthur Nuzman.

Além dos investimentos os governos municipal, estadual e federal, o dinheiro virá de pagamentos do COI, de patrocínios, de venda de ingressos e de licenciamento de produtos, entre outros.

Para os Jogos de Pequim-08, a China revelou que seu comitê organizador teve lucro de US$ 146 milhões (R$ 268 milhões).

*********************************************************************************

HONRADOS MAFIOSOS*

O Senhor Carlos Arthur Núzman é um homem honrado. Assim como o "Doutor" Ricardo Teixeira, e João Havelange. O governador Pavan também é um homem muito honrado, bem como LHS, FHC (mais siglas...); O Prefeito Dário e toda câmara de vereadores são homens muito honrados também. Eike Batista é um homem honrado. José Dirceu ídem. Jorge Bornhausen é muito honrado. Daniel Dantas é um poço de honradez. Assim como Fernando Collor, Paulo Maluf e José Sarney. Pedro Sirotsky também ensina o filho de 14 anos a ser um homem honrado.
Faltou mais alguém? É muito homem público honrado neste país, neste estado e nesta cidade, que fica difícil relacionar mais alguns nomes aqui neste espaço. Pois seria muita injustiça não citar quem não seja honrado.

*Referência ao título do livro homônimo de Gay Talese.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

CRIME x ESPETÁCULO + AUDIÊNCIA = IMPUNIDADE

Alguns crimes são "espetacularizados", midiatizados ao extremo, como do caso do goleiro "matador" Bruno do Flamengo, outros são revelados a boca pequena ou restrito aos blogs ou pequenas e discretas notas nos jornais, como do estupro cometido pelo filho de Sérgio Sirotsky, dono da RBS. Mesmo nesse caso do estupro, o caso ganhou mais repercussão na mídia televisa em nível nacional, quando foi levado ao ar por uma emissora concorrente da Rede Globo/RBS, a Record - a TV do Bispo Macedo- .

O que mais chama a atenção para uma reflexão é o enfoque direcionado ao fato; Será que há a vontade de justiça? Ou tudo não passa de um joguinho de cena, de alfinetar o concorrente midiático, como volta e meia ocorre entre dois grupos poderosos de meios de comunicação, como a Globo e a Record?

Enquanto isso, a menina estuprada e sua família sofrem. Os meios de comunicação envolvidos protagonizam um jogo de ataque e defesa, e no meio disso surge a declaração imbecil do delegado Nivaldo Rodrigues que soltou a seguinte pérola:

“Eu não posso dizer que houve estupro. Houve conjunção carnal. Houve o ato. Agora, se foi consentido ou não, se foi na marra, ou não, eu não posso fazer esse comentário, porque eu não estava presente”.

Sim, sim...não fossem os meliantes envolvidos, filhos de família rica, da elite da capital.
Ou se fossem apenas pobres e favelados, a declaração não seria tão "suave" dessa maneira, né delega?

Vai ver a culpa é da vítima, como alguns maníacos por aí justificam o estupro alegando que a menina "provocou" o ato...

De fato, a impunidade é recorrente para os crimes cometidos pelos filhotes da classe média alta e da elite dominante. Às vezes a mídia precisa "cortar na carne" em busca de "credibilidade", quando o nome de algum político, ou filho de um poderoso ou até de um jogador de futebol, são envolvidos num crime cujas evidências são cabais, e não há defesa. Mas desse limão ainda pode-se fazer uma limonada, ou seja, a audiência está garantida!

A equação CRIME x ESPETÁCULO + AUDIÊNCIA = IMPUNIDADE, é seguida à risca pela mídia em geral. No caso da impunidade, cabe a justiça decidir ou não, no mais o papel higiênico utilizado é todo da mídia.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

DEPOIS CRITICAM OS MUÇULMANOS...


Esta é a capa censurada da edição portuguesa da revista Playboy; Ou pior, a revista foi fechada(!), só por mostrar Jesus junto a uma mulher nua. E daí? Ele não era homem? Será que não gostava da "fruta", ao contrário da maioria pedófila do clero católico?

O mundo ocidental caiu de pau nos muçulmanos quando estes se indignaram com as charges sobre Maomé, embora também assim como os cristãos fanáticos, são todos iguais em seu fundamentalismo cego. Religião é a sopa no mel da intolerância entre os povos, a mãe de todas as guerras, um tijolo importante na pirâmide do capitalismo.

Aliás, os muçulmanos condenam certos crimes com chibatadas. Se fosse aplicada essa lei aqui no Brasil, em casos como estupro, mas precisamente em SC, teríamos a probabilidade de ver o marginalzinho do filhote do Sirotsky apanhando como deveria...ahahaha!!! E não precisaríamos ter quase que vomitar ao vermos imagens no Youtube, de um merdinha desses "cantando 'répi'", pagando de malvadinho...sei não, mas um corretivo as vezes não faz mal.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

MAIS DO INSIDIOSO FATO: MÍDIA LOCAL SOLIDÁRIA E CONIVENTE COM O ESTUPRO

Não adianta calar os blogs. Muitos afirmam que os blogs tem nenhuma ou pouca importância, mas então por que os mandam se calar? Liminares e o diabo a quatro, não farão jamais silenciar a Contrainformação na Rede Mundial de Computadores.

E no entanto, os chacais da mídia se unem neste momento de pesar para a imagem da poderosa RBS. Isso é o que mais importa em preservar: A porra da IMAGEM! Arranhada e elameada, mesmo assim, os chefões, como Petrelli(da RIC Record) são coniventes com o estupro cometido pelo filho de Sérgio Sirotsky.

Podre mídia, pobres de quem são reféns desta máquina hipócrita, que só julga quem é criminoso quem não pertence a sua Cla$$e; Já são historicamente aliados da escória política catarinense, o que não espanta mais ninguém, agora mais ainda quando o próprio criminoso é um filho de um deles, do Barão Sirotsky, tornam-se cúmplices desse crime hediondo. Mas para não expor o "coitadinho" do "filhote taradinho", evocam o Estatuto do Adolescente e um tal "código de ética"(SIC), algo que na maioria de outros casos envolvendo menores, cagam e andam. Sempre se colocaram em defesa da redução da maioridade penal. E agora, meus senhores?...

O "cabeção" Hélio Costa é outro cara-de-pau, hipócrita, só chama de vagabundo quem não tem sobrenome de milionário. Essa é a mídia, "pilar"(carcomido) da "Democracia" brasileira; NÃO USE DROGAS E NEM ESTUPRE SUA MENTE; BOICOTE ESSES MEIOS DE COMUNICAÇÃO MAFIOSOS!!!

PS: O Blog TIJOLADAS DO MOSQUITO já pode ser acessado através deste LINK: http://tijoladas.blogs.sapo.pt/

sexta-feira, 18 de junho de 2010

PUTARIA POLÍTICA E O MELHOR DA COPA...

É Carnaval?, É Copa do Mundo? Não! É a políti(ti)ca catarinense...É a Casa da Mãe Joana? OH YEAAAAAHHH!!!!!!!....
*******************************************************************************
Imagina se o Galvão Bueno fumasse crack antes de cada jogo do Brasil?
**********************************************************************************
Enquanto a bola rola na África do Sul, por aqui nos bastidores da política partidária, segue o jogo sem regras, o vale-tudo que fede a esgoto tomado pelas fezes dos ratões da política local, em que prolifera a maior peste fisiológica e eleitoreira; Manobras obscuras, que ocorrem no calar da noite, entre um gol ou outro da Copa, que nos anestesia, quando ELE$, os engravatados colarinhos brancos armam das suas.
O que dizer de um candidato a governador abdicar de sua candidatura em prol de outro? Normal, beleza...mas e o discurso e "compromisso" com as "propostas" para o "bem" do "povo catarinense"?
Dizem que houve 10.000.000 de razões para o Eduardo Pinho Moreira(PMDB), abrir mão de sua candidatura para aderir ao Raimundo OVO DE Colombo(DEMo), como candidato ao Governo do Estado....eita ferro!
*********************************************************************************

A Máfia para existir, não depende apenas de ternos e gravatas alinhados. Depende, além da persuasão pela sedução, e do domínio dos negócios, de uma "segurança" bem armada e equipada. E quando o clã mais poderoso for, maior o investimento nesta área.

Qualquer relação entre Governo do Estado e as novas aquisições da Polícia Militar, é mera coincidência(Será????)...o novo aparato repressivo é coisa de maluco! Apavorar a estudantada nas manifestações, é o que os trogloditas de farda mais estão se esmerando. A repressão policial é maior quando o Estado ou o Governo é o maior bandido. Novas...
********************************************************************************
E pra terminar uma certa banda de "róqui" da cidade, de um bando de playboys, filhinhos de papai, protegida pela RBS e Cacau Menezes da vida, teve problemas com a polícia, por não parar quando deviam e levaram BALA JONES...ô vida chata!
**************************************************************************

segunda-feira, 31 de maio de 2010

E AÍ? NINGUÉM VAI REGULAR ISRAEL??


Se fosse o Irã de Ahmadinejad, ou Cuba de Fidel, o mundo todo estaria em alerta e a Dona Hillary, estaria tendo um ataque histérico; Mas como foi Israel que atacou uma frota humanitária, com destino a Faixa de Gaza, e matou 10 pessoas, o mundo só diz "oohh...que peninha!"...Aí ninguém fala em sanção econômica, nem retaliação militar. Claro, pois o Sionismo manda no mundo inteiro, ou alguém já viu judeu pobre? Israel tem armas atômicas, e além de roubar terra dos Palestinos, é o braço direito e armado dos interesses hegemônicos estadunidenses e ocidentais no Oriente Médio. Regular Israel? E quem vai tomar conta do loja?...
******************************************************************************

segunda-feira, 24 de maio de 2010

PMSC = VERGONHA!!!

E novamente a PM nos brinda com um espetáculo de truculência gratuita. Nas recentes manifestações contra o roubo das tarifas do transporte coletivo, a "briosa" PM , sob o comando do sociopata Newton Ramlow, agrediu e prendeu algumas pessoas, sem que nada justificasse suas detenções. Ah, sim, foram por "desacato" a "OTORIDADE", que os bravos brucutus de farda detiveram além de "perigosos" estudantes, dois jornalistas da RBS.
E dessa vez, nem a imprensa chapa-branca não perdoou, o que é coisa rara, as atitudes fascistas dessa corporação do uniforme bege. Nem o Cabeção do Hélio Costa. Aí então a gente vê o grau da intensidade do abuso do poder da polícia e sua flagrante falta de preparo no trato com os cidadãos. Parece que para a PM, a diferença entre trabalhador e vagabundo é tênue. Eles se julgam superiores...ÓINC!

Curioso, é o papel a ser desempenhado pela instituição da Polícia Militar. Sempre a defender o patrimônio e a classe que os explora. Apesar de se acharem o máximo, os soldados da PM, são trabalhadores, pobres, que incorporam o espírito dos seus opressores, ricos e poderosos, que através do uso da força, fazem valer a sua vontade contra os oprimidos. E nada mais justificado quando um oprimido reage à violência de seu opressor. Mas até chegar essa hora, demora...infelizmente!

Deve ser algum resquício da ditadura, que militares se julguem acima dos civis. Nós, civis, somos o cocô do cavalo do bandido para eles, como foi dito num texto anterior deste arranca-toco; Não só nas manifestações de estudantes e movimentos sociais se vê o absurdo desrespeito ao cidadão; E sim no cotidiano, quando a desculpa "Não podemos fazer nada" para (não)atender a ocorrências é utilizada, ou por nunca haver "disponível" uma viatura, etc.

E pra finalizar, o Governo do Estado, cujo cargo é ocupado por um mafioso, e a Prefeitura Municipal cujo cargo é ocupado por um meliante, quando se vêem diante de uma manifestação popular, tratam de deslocar todo seu efetivo e aparato repressivo para deter o protesto pacífico da multidão; Enquanto isso, o crime triunfa, e a insegurança da população prospera, pois não há viaturas e contingente para combatê-los. Pois quem deve "servir e proteger" está servindo e protegendo quem do povo se serve, ou seja, os ladrões do dinheiro público, que se escondem e se protegem nessas horas por trás de seus Paus-Mandados de farda.



PMSC = VERGONHA !!!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

SEGUNDA-FEIRA DE LUTO NO METAL

Mais uma perda irreparável nessa vida.

Morreu neste domingo(16) uma das mais lendárias e poderosas vozes do HEAVY-METAL, Ronnie James Dio. Dio foi vocalista de BLACK SABBATH e RAINBOW, além de ter protagonizado uma das mais bem sucedidas carreiras solo da história do Metal. De estatura baixa, mas de vocal de grande alcance, Dio também mostrou sua performance por aqui na região, em meados dos anos 90, onde se apresentou na danceteria New Time, em Santo Amaro da Imperatriz. Carismático, o "baixinho" foi o percursor do símbolo dos chifrinhos com os dedos, que muita gente imita e nem sabe o significado real, que se tornou um dos símbolos dos "Metalheads".



Dio nos deixa aos 67 anos, depois de lutar como um guerreiro contra um câncer.

E assim, o mundo torna-se um lugar cada vez mais sem graça. Já não temos mais Raul Seixas, G.G. Allin, Dimebag Darrel, Joe Strummer...

Mas...

Os grandes nomes do Metal não morrem, pois permanecem eternos através de sua música...VALEU DIO!!!

terça-feira, 11 de maio de 2010

HISTÓRIAS ESCROTAS DO COTIDIANO

Um carro da PM anda pela faixa do lado direito da ponte Pedro Ivo, rumo ao Continente, destinada exclusivamente para os ônibus. Anda a menos de 40 por hora. O ônibus ultrapassa a viatura da PM. Nisso, sentindo-se "ultrajado", o pé de...digo, PM motorista da viatura, apressa-se e faz o motorista do ônibus parar na saída da ponte; Como se ele(o pig) tivesse toda a razão do mundo. O ônibus para, e o "valente" de farda, pede seus documentos. Como se errado estivesse o motóra e não ele, o fódão fardado. Prepotente, arrogante, autoritário, enfim, folgado. Eis um breve perfil de quem se sente superior por vestir uma farda, portar uma arma, e transformar essa condição em relação de poder e obediência; como se todo civil fosse o cocô do cavalo do bandido da hierarquia militar. Eis a chamada OTORIDADE! Eis quem os cidadãos contribuintes ajudam a pagar o salário de quem o podem achincalhar a hora que quiserem...

PS: Essa história foi captada pelos ouvidos desse escriba, dentro de um ônibus da empresa Estrela, contada pelo próprio motorista que sofreu a ação relatada.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

O ARRANCA-TOCO APÓIA AS MARCHAS...

Contra a sacanagem e a hipocrisia. A favor de todo e qualquer protesto contra mais um aumento das tarifas do transporte coletivo(eia prefeitinho ladrão...) e também da Marcha da Maconha, que pede sua discriminalização e uma discussão da liberação das drogas com toda sociedade.

Sabemos que muitos políticos se utilizam da legislação antidrogas em benefício próprio. Utilizam "laranjas" em esquemas de lavagem de dinheiro, cujo vínculo é íntimo com o narcotráfico milionário, ocupam altos cargos na República e são contra a liberação das drogas, pois isso seria ruim para o seu "bussiness".

Também certos políticos são donos de empresa de ônibus, ou se beneficiam de "ajuda"($$$) para suas campanhas políticas em época eleitoral, dos donos. Armam um esquema de cartel mafioso. Monopolizam o transporte coletivo em Floripa. Prefeito e vereadores são a sua "tropa de choque".

Enfim, só nos resta PROTESTAR!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

semeando a discórdia...

Não é por nada não, mas essa do Governo em estimular portadores de HIV a terem filhos é no mínimo um contrasenso fudido. Ou então, tem alguma Maquiavelice por trás. Tipo, um pai ou mãe portador de HIV tem um filho, o filho cresce, os pais morrem e o Governo não tem nenhum ônus sobre isso. Ou seja, serão os filhos que se responsabilizarão pelo tratamento dispensados aos pais aidéticos. Sem falar que esse mundo já tem gente demais...
************************************************************
Governador bandido e a Desembargadora do carteiraço tem respaldo da Mídia Tradicional. Deve ser isso o que ele$ chamam de LIBERDADE DE EXPRESSÃO. É foda ter que aturar o Hélio "Cabeção" Costa, chamar bandido pé de chinelo de vagabundo e puxar o saco de Pavan e defender o ato da desembargadora que utilizou do preceito típico da nossa Elite de Merda, do "Sabe com quem tá falando?". E aquele Pitbull fascistóide do Luiz Carlos Prates? Esse que late ao meio-dia contra a imundície humana e a falta de moral de todo mundo, não deu nenhum piu sobre o carteiraço da Desembargadora. OLÉ!
***********************************************************
O monstrengo siamês SERROUSSEF, provoca uma suposta(!) "briga" que só engambela os partidários tucanos e petistas. Não existe diferença alguma entre PT e PSDB. Aliás, essa "polaridade" se desfaz em alianças municipais e estaduais, pois compromisso ideológico e com a consciência política, é uma miríade que não cabe nos bolsos abarrotados da tigrada partidária.

NA FOTO ACIMA, OS PETRALHAS E OS PLUTUCANOS EM PLENA ATIVIDADE
************************************************************************

sexta-feira, 23 de abril de 2010

WHAT FUCK ...?

O QUE É AQUILO NA FRENTE DO TICEN? VAI TER SHOW DA MADONNA? OU DO U2? OU DOS ROLLING STONES? NÃO, É O DIA "D", DA IGREJA UNIVERSAL E SEU CIRCO DE "CURAS"! IMPEDINDO O DIREITO DE IR E VIR DA POPULAÇÃO...POBRE CAPITAL!

Sim, e com direito a exagero da estimativa de público por certos órgãos genitais de comunicação, que mesmo "concorrentes' supervalorizaram o evento, divulgando que mais de 60 mil pessoas(!) estiveram presentes ao circo de curas, chamado de "Dia D".

Ora, que tinha uma multidão de crentes engambelados pela lábia desses picaretas da fé não há dúvida, mas aí falar em 60 mil é duvidar da inteligência alheia e não conhecer os limites do espaço físico do local.

O pior é que no dia seguinte, as grades estavam lá ainda, ocupando os dois lados da pista da Paulo Fontes, sem falar do canteiro central, fazendo com que a massa trabalhadora se deslocasse por um ridículo corredor num dos lados do ultra-mega-hiper-poli-fantástico palco do espetáculo da fé!

O centro da cidade é a caricatura acabada dos desmandos e do abuso da vagabundagem de plantão das autoridades (ir)responsáveis que mandam em Floripa...o espaço público torna-se cada vez mais privatizado, para que qualquer evento de natureza privada que molhe a mão da prefeitura, torne-se realidade.

QUE MERDA!!!


PREFEITURA + IGREJA UNIVERSAL

terça-feira, 13 de abril de 2010

ARRUDA - FREE AS A BIRD...


Sem esquecer de quem ele é ou foi ou voltará a ser um dia cúmplice(política partidária é pior que suruba, e só povo toma no rabo)

terça-feira, 6 de abril de 2010

VINDE A MIM TODAS AS CRIANCINHAS, YEH !



O que esperar de uma Instituição que praticou um dos maiores massacres e uma das maiores perseguições, durante a Era da Inquisição? Uma Instituição conivente com o Nazismo na segunda guerra mundial? E um sujeito trajado de "representante de Deus na terra", com passagem pela Juventude Hitlerista? A acobertação dos caso escândalosos e bizarros de pedofilia, praticados nas internas da Igreja Católica, é o retrato fiel, cuspido e escarrado de uma tradição baseada na hipocrisia e na perversidade.



Como diria o GIl Brother Awey: "Tem que pegar esses "pedófe" e botar pros cabrito mamá..."

E A COISA NÃO PARA POR AÍ....

Não cabe nesse espaço, esmiuçar toda a podridão que arrodeia o quintal do Cristianismo. Não só da Igreja Católica, como também das Igrejas Evangélicas ou Neopente(lho)costais, que com seu fundamentalismo e histeria, provoca lavagem cerebral em massa. Nem é preciso mencionar os milhões que seus pastores investem em mais e mais templos pelo BRasil e o Mundo à fora; e claro, em meios de comunicação de massa. A fé da grana ou a grana da fé. O caso recente de certos jogadores do Santos Futebol Clube se recusarem a visitar crianças portadoras de paralisia cerebral, por estas estarem alojadas numa Instituição Espírita, expõe esse lixo comportamental e de extremismo religioso. O que vale não é fazer o bem pelo bem. Se não for da minha religião, quero que se foda, pois isso é coisa do diabo....

O curioso é que ambos os casos relacionados neste texto, estão expostas crianças. E em ambos os casos há descaso e desrespeito, seja por qual via for.


"O cristão comum é uma figura deplorável, um ser que não sabe contar até três, e que, justamente por sua incapacidade mental, não mereceria ser punido tão duramente quanto promete o cristianismo".
Nietzsche.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

VO(mi)TO NULO JÁ !!!

Ano de eleição é de dar nojo. Foi-se o tempo em votava-se em alguém por convicção ideológica. Hoje, só há espertalhões e picaretas. Acabou-se a era do político-ideológico. Melancólicamente, foi substituída pela era do vídeo-ideológico- marketeira. Todos, TODOS os partidos políticos agem de acordo com a agenda moneyotarista, o elo que finalmente uniu esquerda e direita desde o PC do B ao DEM. Cambada!

Dilma, Serra, Marina, Ciro...o que os diferencia? E o que os une? Dá pra fazer um blog só pra mostrar suas afinidades oportunistas e eleitoralistas.

Em SC, o dublê de prefeito da capital não conseguiu se candidatar ao governo do Estado. Tomou!
Mas nada indica de que estamos livres de um cenário desalentador com o que se manifesta por aí, senão vejamos: Ideli, Pinho, Ângelas(Amin e Albino, tão "extremas " e tão siamesas), Colombo. ????

Já temos um mafioso no lugar do turista-autista. Cujo primeiro ato foi viajar pra Tóquio.

O que esperar deste cenário mórbido, macabro, imundo? Esperança, renovação, mudança, só existem na cabeça dos incautos. Como diz um provérbio árabe: "Que as pulgas de mil camelos infestem seus sovacos!"

Este é o espectro que ronda a nação inteira. Deve ocorrer em todos os estados o mesmo circo-cenário montado. Uns tentam o senado, outros a presidência; ex-ministros, abandonam suas pastas e pensam na teta futura, assim como ex-governadores.

Diante disso, o cenário de penúria da maioria da população permanece: Hospitais e escolas sucateados, saneamento básico vergonhoso, cidades sem infra-estrutura pra suportar enchentes e secas; desigualdade social anestesiada pelos "programas sociais" e ongs assistencialistas no papel do Estado. Um verdadeira farsa montada e a perpetuação de uma sociedade de classes, cuja nova ordem social é ditada por aqueles que no passado se diziam defensores e representantes dos trabalhadores.

Do outro lado, a sanha dos chacais que desejam voltar. Urdidos por parte da burgomídia aliada e conivente, tradicionalmente afeita aos interesses multinacionais megacorporativos e dos bancos assassinos da economia. Um senso comum cada vez mais fabricado a ser pitbull reacionário da extrema-direita, que ganha ressonância através dos telejornais policialescos do meio-dia. Direitos Humanos só pra Cuba né? Aqui Direitos Humanos só serve pra bandido... VAI SE FUDER!

Enfim...



VOTO NULO JÁ!

terça-feira, 23 de março de 2010

Floripa: 284 anos....parabéns?

23 de março é a data de aniversário de Floripa. De Desterro. Cidade bela de paisagens naturais estonteantes e bucólicas; de mulheres bonitas e tranquilidade. Tranquilidade essa em extinção, ameaçada pelo progresso a todo custo, pela sanha dos empreendimentos milionários da especulação imobiliária e pela ganância, estupidez e incompetência de seus governantes.

Uma cidade com cara cada vez mais de Floriano Peixoto, o facínora. Roubos, assaltos e assassinatos, a cara mais perversa da urbanidade das capitais; o paraíso não é mais aqui. Legião de lúmpens se aglomeram e vagam feito zumbis pelo centro da cidade. Outra legião, a dos párias, se autoajudam em reuniões na maçonaria e na câmara de vereadores. Controlam tudo ao seu modo. A pior mobilidade urbana do Brasil. Um trânsito caótico que inferniza a paz de espírito dos trabalhadores. Todos sofrem em silêncio. A cidade parece amedrontada. Já é hora de enfrentar esse medo! Canalhas lançam um plano diretor absurdo. Mas "non passarán"! Tá escancarada a sanha destes vermes que só pensam em roubar e enriquecer cu$te o que cu$tar.

Com tanta obsessão em lotear a ilha com seus plutoempreendimentos, quero saber como vai escoar a merda, literalmente falando, sem um sistema de esgoto adequado. A resposta é simples: no mar! Matam a galinha dos ovos de ouro. Aquilo que atrai esses investimentos e o olho grande de quem por aqui vem querer desfrutar do "paraíso". Nadar na merda dos ricos deve ser terapêutico. Ao menos para os governantes da cidade, pois é isso que mais sabem fazer, ou seja, merda.

Floripa, 284 anos, parabéns? Queria desejar muitas felicidades e prosperidade, mas quem sabe um dia nos veremos livres daqueles que transformaram o paraíso em inferno. Que o diabo espete seu tridente eternamente no rabo dessa corja dominante!

segunda-feira, 22 de março de 2010

A DOMINAÇÃO DO TERCEIRO MUNDO

Esse texto foi enviado por um grande amigo, o Cristiano Mallmann, via e-mail, e com grande satiafação é publicado aqui no arranca...

A DOMINAÇÃO DO TERCEIRO MUNDO



Cristiano Kalsing Mallmann
Dagmar Zamboni
FEMA




RESUMO


A justiça e o direito nem sempre imperaram na sociedade. Alguns períodos foram marcados pelo desrespeito aos Estados Democráticos de Direito. São períodos obscuros, pois foram escondidos de grande parte das pessoas pela mídia, que usa as informações em seu favor. Até a dissipação da internet para o grande público, era fácil para os meios de comunicação, econômicos e militares frear a difusão das informações que iam contra seus objetivos. O principal objetivo é a dominação, que é exercida sobre o medo do terrorismo, por exemplo. A mídia é o principal meio da máquina opressora imperial, apresentando coisas de baixo nível intelectual, aceito hoje pela população pela atual passividade da sociedade, imposta após os longos períodos de dominação que viemos sofrendo durante tantos anos.
Palavras-chave: imperialismo norte americano, monopólios midiáticos, dominação, ditadura, direitos humanos.


ABSTRACT

The artcle’s Law and justice haven't always been the main pillar to our society. Some periods were marked by the disrespect to the Democratic State of Law. Those are obscure periods, because the were hide from the great public by the media, that uses information to they’re own objectives. Until the majority of people had access to the internet, it was easy for the media, economic and military means to stop the diffusion of information that were against they’re objectives. The main objective is the domination, which is exercised with the fear from terrorism, as an example. Culture suffers a lot with this, with the Brazilian TV programs in its majority only broadcasting futility, presenting us the wrong values of life. The media is the main mean of the imperialism, presenting things with low intellectuality level, which are accepted by the population because of its actual passivity, imposed after long periods of domination that we’re suffering over so many years.

Key Words: U.S. imperialism, media monopolies, domination, dictatorship, human rights.


INTRODUÇÃO

Nem sempre a justiça e o direito imperam nas sociedades, podemos traçar na linha do tempo, ou seja, na história da civilização humana, períodos obscuros marcados pelo extremo desrespeito aos Estados Democráticos de Direito, e consequentemente, aos Direitos Humanos Fundamentais. Períodos da história que se arrastam até a atualidade. Obscuros porque os fatos ocorridos, além de desagradáveis, são escondidos da grande totalidade dos cidadãos do mundo pelos monopólios midiáticos, que sob a cortina do silêncio dissimula e processa as informações convenientemente ao seu favor.
Principalmente antes do advento da internet, foi de certo fácil para os detentores dos meios de comunicação, mercado financeiro e poder militar, dissimular e frear a difusão de informação quando essa passa a ser uma ameaça aos seus planos de dominação.
A dominação é a força que pode ser militar, política, econômica e cultural – não necessariamente na mesma ordem, pois geralmente utilizam o conjunto dessas forças.
Dominação ora exercida sob o medo generalizado do terrorismo, ora cultural, tal qual podemos constatar, mesmo que, a um primeiro momento empiricamente, pela observação do atual cenário midiático brasileiro, que tem se esforçado muito nesses últimos anos para produzir conteúdo fútil, de gosto discutível, imagens e conceitos distorcidos que são oferecidos a população na sua totalidade. De modo geral, as pessoas denominam a isso como arte, mas a isso convém chamar de produto, de baixa qualidade. Vide TV brasileira e jornais de grande circulação com seus excelentes influenciadores de opinião não tão “experts” em suas respectivas áreas de atuação, em outras palavras, os não mais que meros detentores de considerável “status” concedido de alguma forma.
A mídia tem-se consagrado como principal carro chefe da maquina opressora imperial, e seu combustível é o prato tradicional e de baixo nível intelectual direcionado a uma determinada classe social, e como não poderia faltar, como comburente temos a passividade característica da atual consciência social, que foi moldada e é fruto de longos períodos de exposição á essa mesma dominação implacável, culturalmente imposta, no caso específico do Brasil. Em outras palavras, esse molde aqui tratado é o fruto de um plano bem arquitetado, não necessariamente um plano do bem. Há de se frisar aqui a importância que a divisão de classes tem para a classe dominante, pois ela traz a instabilidade social, dificultando a organização da sociedade por um bem comum, que nesse caso é a iluminação e elevação do conhecimento e intelectualidade da população.

1.1 DEFININDO VETORES SOBRE A ORIGEM DA DOMINAÇÃO NO TERCEIRO MUNDO

É de importância imprescindível para aqueles que acreditam em um mundo melhor para se viver no futuro, porém não tarde demais, que se tracem certos parâmetros sob as causas históricas da dominação a qual esta submetida grande parte dos países do terceiro mundo.
Tanto na América Latina como na Ásia, os casos de democracias locais que foram derrubadas pelo império norte americano não são raros.
Como todo “imperium” digno de nome, os EUA são um Estado com uma fome imensa por extensos territórios. E nessa sua dieta, também ao império se atribui a tarefa de iluminar os povos conquistados com seu conjunto de influencias política, econômica e cultural. Uma boa dose de terror também é ingrediente indispensável para coagir populações. Terrorismo, é assim que a opinião mundial pode caracterizar as atitudes militares dos EUA quando em excursão em território alheio.
Grande pensador da atualidade e de origem norte americana, Noam Chonsky, exprime em sua obra “O Que o Tio Sam Realmente Quer” (1998, E-book, págs. 5 e 6 ):

Ao Terceiro Mundo cabia “executar sua principal função de fonte de matérias primas e de mercado” para as sociedades industriais capitalistas, como dizia um memorando do Departamento de Estado, de 1949. Era para ser “explorado” (nas palavras de Kennan) para a reconstrução da Europa e do Japão. (As referências foram feitas ao Sudeste Asiático e ‘a África, mas as questões foram colocadas de modo geral.) Kennan sugeriu até mesmo que a Europa receberia assim um estímulo psicológico com o projeto de “exploração” da África. Naturalmente, ninguém sugeriu que a África explorasse a Europa para sua reconstrução, melhorando talvez seu estado de espírito. Esses documentos liberados são lidos somente por estudiosos, que parecem não encontrar nada de estranho ou dissonante em tudo isso.
A Guerra do Vietnã emergiu da necessidade de garantir esse papel de serviçal. Os vietnamitas nacionalistas não quiseram aceitar isso e, portanto, tinham de ser esmagados. A ameaça não era a de que eles iriam conquistar alguém, mas que eles poderiam dar um exemplo perigoso de independência nacional, que inspiraria outros países na região.
O governo dos EUA tinha de desempenhar dois importantes papéis. O primeiro era o de garantir os distantes domínios da “Grande Área”. Isso exigia uma postura bastante ameaçadora, para assegurar que ninguém interferisse nessa tarefa – motivo pelo qual houve tantas campanhas dirigidas para as armas nucleares.


CONCLUSÃO

Neste contexto, brevemente falando, a América Latina é tratada como colônia americana. A mais provável conclusão disso tudo é a de que a política externa adotada pelos Estados Unidos da América prejudicou em muito a democracia das regiões dominadas, os atrasos causados perduram até hoje.


BIBLIOGRAFIA

CHOMSKY, Noam. O Que Realmente O Tio Sam Quer. de Brasilia, DF. Editora Universidade, 1998. E-book disponível em:


SOUZA, Rainer. Ditaduras Latino-americanas. Brasil Escola. Disponível em:


DITADURA, Disponível em:

sábado, 13 de março de 2010

terça-feira, 9 de março de 2010

CONTEÚDO DE UM E-MAIL SOBRE AS AÇÕES DE UM VAGABUNDO

AGORA É OFICIAL!!!

O PREFEITO DÁRIO BERGER PRETENDE OBRIGAR A COMUNIDADE DA LAGOA A ENGOLIR EDIFÍCIOS DE 3, 4 E ATÉ MESMO 6 ANDARES!!!

O ZONEAMENTO DO NOVO PLANO DIRETOR ELABORADO PELO IPUF (ÓRGÃO DA PREFEITURA) E POR UMA EMPRESA ARGENTINA CHAMADA "FUNDAÇÃO CEPA" É UM DEBOCHE AOS INTERESSES DOS MORADORES DA LAGOA DA CONCEIÇÃO!!

NAS FASES INICIAIS DA CONSTRUÇÃO DO CHAMADO PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO, A COMUNIDADE LUTOU E DEIXOU CLARO SEU DESEJO PELO
GABARITO MÁXIMO DE 2 ANDARES PARA AS EDIFICAÇÕES CONSTRUÍDAS NA LAGOA, CONFORME REGULAMENTA A ATUAL LEI MUNICIPAL 99/2002 DE AUTORIA DO EX-VEREADOR XANDI FONTES.

O PREFEITO DÁRIO BERGER PREFERIU ATENDER AOS INTERESSES DA CONSTRUÇÃO CIVIL E DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA E LEVARÁ PARA VOTAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES NO PRÓXIMO DIA 23 DE MARÇO UM PLANO DIRETOR QUE PERMITIRÁ A CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS DE 3 ANDARES EM TODO O DISTRITO DA LAGOA, 4 ANDARES EM OUTRA ÁREA E ATÉ MESMO 6 ANDARES, EM UM TERRENO DE PROPRIEDADE DE UMA GRANDE CONSTRUTORA!!

ALÉM DESSE ABSURDO, DÁRIO BERGER PRETENDE MANCHAR AS PAISAGENS DO PRINCIPAL CARTÃO POSTAL DE FLORIANÓPOLIS E DEIXAR MENOS PROTEGIDO O MEIO AMBIENTE NATURAL DA LAGOA DA CONCEIÇÃO, POIS:

- O NOVO PLANO DIRETOR NÃO CRIA NENHUMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO NOVA NEM AMPLIA OS ATUAIS PARQUES MUNICIPAIS DA LAGOA;

- O NOVO PLANO DIRETOR NÃO OFERECE MAIS RESTRIÇÕES A OCUPAÇÃO DAS ATUAIS "ÁREAS DE PRESERVAÇÃO LIMITADAS - APLs" LOCALIZADAS EM COSTÕES AINDA VIRGENS COMO O CANTO DO GRAVATÁ;

- O NOVO PLANO DIRETOR PERMITIRÁ EDIFICAÇÕES DE ATÉ 3 ANDARES NAS ATUAIS "ÁREAS DE PRESERVAÇÃO LIMITADA - APLs" LOCALIZADAS EM TODOS OS COSTÕES DA LAGOA;

ESPERAMOS QUE A IMPRENSA EM GERAL DENUNCIE ESSE ABSURDO QUE O PREFEITO DÁRIO BERGER PRETENDE OFERECER À CIDADE NO PRÓXIMO DIA 23 DE MARÇO, ANIVERSÁRIO DE FLORIANÓPOLIS.

NO ENTANTO, SOMENTE A OPINIÃO PÚBLICA E A COMUNIDADE DA LAGOA PODEM PRESSIONAR O PREFEITO DÁRIO BERGER E OS VEREADORES PARA IMPEDIR QUE ESTE ABSURDO SAIA DO PAPEL E VIRE LEI.

POR FAVOR, ENCAMINHE ESSE E-MAIL AO MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL E AJUDE A COMUNIDADE DA LAGOA A MANTER O GABARITO MÁXIMO DE 2 PAVIMENTOS!!!!

*****É isso aí! Esse vagabundo quer ser governador, quem for de Floripa e votar num sujeito desses merece levar uma surra!**************

Floripa é uma cidade em franco processo de destruição. É a cidade dos párias maçônicos, da imprensa chapa-branca que não confronta essa elite dominante bandida,( por também fazer parte dessa mesma corja), é a cidade em que bandidos e velhacos se deslocam de vários lugares do Brasil e do mundo e fazem daqui seu covil de intere$$e$! Tá na hora de expurgar essa camarilha toda!

quarta-feira, 3 de março de 2010

SUGESTÕES PARA "REVITALIZAR" FLORIPA

Para demonstrar que este blog não apenas critica destrutivamente os governantes da nossa cidade, com muito boa vontade venho apresentar uma série de algumas humildes sugestões para "revitalizar" Floripa e assim dar uma cota de colaboração e cooperação para com nossas senhoras autoridades:

1 - Vamos cercar a praça XV! Melhor, deveríamos tirar a praça XV do lugar, derrubar a figueira e construir uma torre suntuosa, um shopping vertical de 200 metros de altura. Ou quem sabe, um novo templo maçônico em estilo greco-romano. Luxuoso. Aí mendigos e usuários de drogas não frequentariam.

2 - Outra idéia(idéia mesmo, com acento, não vou deixar de escrever essa palavra dessa maneira...)seria derrubar a ponte Hercílio Luz e construir uma montanha-russa. Aproveitaria para aterrar o mar embaixo dela e construiria um parque temático, com o nome de Parque Temático da Família Berger.

3 - Poderíamos também banir os pedestres do centro da cidade, e permitir somente que automóveis se locomovossem pelas ruas do centro. Quem desobedecer, seria multado, em caso de reincidência, prisão perpétua. Seríamos exemplo de mobilidade urbana para todo o universo!

4 - No continente, os bairros seriam todos cercados, com guaritas com homens fortemente armados, e só frequentariam as ruas quem fizesse um cadastro na prefeitura. Quem não portasse a carteirinha de licença, seria detido para averiguações.

5 - Colocaria ar-condicionado em todos os ônibus coletivos. Porém, com a passagem ao preço módico de 10 reais. Afinal, nossos queridos donos de empresas de ônibus não podem arcar com todas as despesas sozinho, seus insensatos que só reclamam do melhor transporte urbano do país!

6 - E pra finalizar, instituiria uma taxa de cobrança para fundos de investimento turístico, exclusivo para autoridades locais e estaduais, afim de que a população arcasse ainda mais com os gastos de nossos honrados representantes em viagens, festas e blocos de carnaval. Maravilha!

Se algum leitor tiver mais alguma sugestão, peço que colabore com o blog e encaminahremos todas as sugestões à digníssima câmara de vereadores municipal para apreciação. Obrigado.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

REFLEXÕES DE UMA RESSACA PÓS-CARNAVAL...

Acabou o reinado momesco e a volta à realidade se dá em forma de ressaca. É o ano que começa de fato, num ano que tem tudo pra ser empurrado com a barriga, já que em Junho teremos Copa do Mundo, e sem falar nas eleições, e aí já viu né?

O Carnaval terminou mais uma vez com aquele clima que não existe mais em Floripa; Sem aquela animação que não encontrava fronteiras, e que agora tornou-se um carnaval cercado pela polícia, entendo os argumentos pela segurança, etc., mas é muito esquisito e bizarro, a alegria e a espontaneidade estar entre cercas.

É a demonstração de como a cidade está refém do abandono. Abandono de um administração autista, envolvida numa série de denúncias de corrupção e falcatruas. Prefeitura e vereadores unidos na destruição da vida da cidade em prol de seus intere$$e$. E ainda há quem tenha a cara de pau de lançar o prefeito Dário Berger a candidato a governador...PQP!

Dentro disso, está um projeto de construir uma loja maçônica num terreno público no bairro de Capoeiras. A maçonaria já foi uma coisa mais séria, mas hoje é composta em sua maioria por figuras proeminentes e influentes da cidade. Estas figuras pertencem ao CDL(clube de diretores lojistas), meios de comunicação, partidos políticos, que exercem seu domínio nefasto para atingir seus objetivos que nunca são os mesmos da grande maioria da população. Nada de escolas ou hospitais ou postos de saúde; a elite dominante florianópolitana está comprometida em se auto-ajudar.

Durante o carnaval, chegaram a "privatizar" uma área no centro, nos entornos da catedral da praça XV, para o desfile de um bloco que continha as presenças "ilustres" de alguns vereadores. E ninguém poderia passar por ali, mesmo quem não goste de carnaval teria que pegar outro caminho. E só pra terminar, pra entrar no tal bloco tinha que pagar 80 reais! É muita cara de pau! Cara de pau-Brasil, que é uma madeira rara, uma cara de pau rara, safadeza da grossa!

Agora imaginemos o que não vai correr de dinheiro nestas eleições. As promessas, as vendas e compras de votos de eleitores e os acordos partidários. Os apertos de mãos e tapinhas nas costas dos políticos. Os sorrisos nosferáticos dos vampiros públicos. A baixaria de sempre da campanha eleitoral. Aquele filme que todo mundo conhece, se repetirá com todos os seus clichês e seus atores canastrões atuando da pior forma possível.

Mas antes, tem a Copa. O ufanismo tomando conta. O nacionalismo de primeira e última hora. A narração do Galvão. O verde e amarelo enfeitando ruas, carros, janelas de apartamentos. Toda uma orquestração "fake" comandada pela mídia. Um clima que só o futebol possui de unir as multidões que a política não tem mais, mas que também é apenas estéril e pontual. É o BRA-ZIL-ZIL...

Depois que tudo passa como um sonho,(ou um pesadelo), acordamos de ressaca mais uma vez. Abrimos os olhos e enxergamos a realidade cinzenta, com suas contas e impostos a pagar, trânsito caótico, a roubalheira e a desfaçatez comendo solta, as mentiras na televisão e uma vontade de vomitar sem fim. Acordamos mesmo?

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A PRAGA DO "SUPOSTO" JORNALISMO

Já faz algum tempo que o jornalismo atualmente feito é pontuado por uma série de vícios de linguagem e clichês. Houve a época do irritante gerundismo, em que tudo ou estava "indo" ou "ando", tipo, "o presidente está cagando e andando para o país". Ou a febre dos pretéritos, como por exemplo, "o governador estaria roubando"(aí um caso bizarro que junta gerúndio e pretérito)ou então, "o prefeito teria liberado o anel de couro", enfim, são casos que nunca confirmam a veracidade dos fatos, como se estivssem em permanente acontecimento ou pela própria covardia de quem noticia, não querer ser taxativo e contundente até que o próprio fato em si se desminta por obra divina.

A nova praga é a utilização demasiada do termo SUPOSTO. Quem nunca se deparou nos sites da internet ou nas manchetes e reportagens dos meios de comunicação com este termo? O SUPOSTO virou um ente da mediocridade jornalística atual; é uma maneira de não querer revelar o que todo mundo já sabe, o que já está extremamente escancarado, mas mesmo assim, insiste-se em enrustir os fatos. O grande exemplo mais gritante e cara de pau desse SUPOSTO JORNALISMO, é quando o fato é a corrupção ESCANCARADÍSSIMA do Governador do DF, José Roberto Arruda. É público e notório, deslavado, comprovado flagrante com imagens, que o cara é ladrão, quadrilheiro, bandido, um malaco de classe alta, mas mesmo assim, lá vem o SUPOSTO e nada É...tudo é SUPOSTO!

SUPOSTO é o caralho! Isso é uma maneira de subestimar a inteligência das pessoas. Jornalismo robotizado. Sem ousadia, manetado por manuais de redação e de conveniência conforme cada caso. Porém, nunca há SUPOSTO quando o foco é o MST, por exemplo.
"O MST invadiu", nunca é "O MST supostamente teria ocupado ou invadido", aí a questão não é de técnica burocrática pra reportar um fato, e sim a questão ideológica bate forte, pois a liberdade de imprensa vai até onde os patrões da mídia permitem...

No entanto, essa covardia "supostamente" chamada de jornalismo(ou SHOWRNALISMO, termo criado por José Arbex jr., Jornalista de verdade)age dessa maneira com medo de enfrentar processos judiciais ou pela perda de anunciantes. Jornalista sério, que não teme e questiona os poderosos não pode se cagar de medo de ser processado! Não importa se o que diga seja subjetivo ou não, até mesmo a colocação de uma vírgula num texto tem um fundo de subjetividade, o que pega é que os (de)formadores de opinião são coniventes com aquilo que seus patrões determinam. Se tal Governo tem um presidente intelectual, então que se trate de bajulá-lo, se for analfabeto, que se trate de "investigar" e "questionar"; Típico caso da revista Veja. Essa é campeã na falcatrua de inverter, distorcer e ocultar os fatos.

Bom seria se os meios de comunicação em todas as suas vertentes(rádio, jornal, TV, internet), deixassem de lado essa máscara da SUPOSTA(!)"imparcialidade" e tivessem a dignidade de assumir suas posições políticas de cara limpa. Influenciaria o leitor ou o telespectador? Mas já não faz da pior maneira com este tipo de jornalismo anêmico, subserviente e que despeja toneladas de informações que não sabemos de sua veracidade?
Deixem esses SUPOS(i)TO(rios) de lado....

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Curtas e grossas...

O que leva um jogador cometer um penalti infantil, num clássico aos 47 do segundo tempo, como fez o Diego Paulista do Figueirense? Inocência? Imprudência ou ruindade mesmo? O clássico de quinta-feira foi um dos mais emocionantes dos últimos tempos, principalmente pra quem gosta de um futebol bem disputado. 2 a 2 pro Avaí, vitória deles, já que saíram do estádio exultantes, buzinando carros e motos como quem conquistou uma vitória sobre um time da Série B...
**************************************************
Avenida Paulo Fontes. O que é aquilo? Virou uma zona! O que são aqueles vasos que delimitam a passagem dos pedestres e do corredor de ônibus? Quem foi o gênio urbanístico que inventou aquilo? Sem falar no shopping a céu aberto que se tornou, e daquela musiquinha irritante que toca direto o dia todo que vem de uma caixa de som do outro lado, de quem sai do TICEN. Ainda mais neste ultra calor luciferiano...sem falar do fedor de peixe podre que exala das entranhas do Mercado Público, do espaço humano reduzido no Largo da Alfândega ocupado pelas feiras e da sujeira que tá aquela área toda. Floripa tá abandonada! Nem mesmo pra maquiar a cidade, como sempre fez, o prefeito não serve mais! Humanização da cidade? Aonde? Ei, Dário! Para de roubar e vê se trabalha um pouco...
************************
Vão pegar o Pavan pelo rabo? E o turista, dublê de governador, finge que nem é com ele. Enquanto isso, o jornal de meio-dia da imprensa chapa-branca fica só falando de Beyoncé e mostrando as baladas de Jurerê Internacional...
*************************************************
Vem aí Tropa de Elite 2...não me convide pra assistir! Pastiche do que é feito de mais comum no cinema estadunidense, virou Top da platéia tupiniquim classe-mediana que acredita que só truculência resolve pra acabar com os maconheiros. Aliás, filme tem que ser feito com dinheiro tirado do próprio bolso, nada do Estado subvencionar aventuras e delírios de quem, por isso mesmo, tem dinheiro no bolso!
Porém, tem espaço pra tudo. até pra filme sobre o Lula, passando por Xuxa até filmes de baixo orçamento de zumbis e sexploitation. Só não poderia deixar que as antigas e boas salas de cinema se tornassem templos evangélicos da fé na grana.
*************************************************************
CALOR PRA CARAI !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
********************************************